Samy Dias

Expresso meus trabalhos interpretando e as imagens e vídeos contidos aqui transpassam um pouco do que faço.

    

Ultima gravação...

Trecho da peça Sidman, drama de Warren Leight.


Ver mais...

Sobre...

Paulistano mas de família mineira, aos 12 foi morar no sul de Minas Gerais na cidade de Cambuí, onde começou a ver a arte de atuar na Escola João Lopes com gincana escolar, seguiu por diversas escolas sempre envolvido com seu desejo, ele não queria uma didáctica formada, ele queria conhecer tudo e todos, seja dançando, interpretando, pintando ou desenhando. Fazendo arte. Participou de Festivais Estudantis ganhando premiações de melhor Ator, Ator-Coadjuvante, Sonoplasta e Cenógrafo. Cursou canto, dança, mímica, bonecos e aprendizagens em geral. Se formou no Conservatório Juscelino Kubitschek em artes cênicas e plásticas em 2005 na cidade de Pouso Alegre. A arte sempre o acompanhou. Dando aulas de desenho artístico por dois anos no Centro Cultural no Córrego do Bom Jesus. Aos 18 anos voltou para São Paulo onde vive até hoje e iniciou estudo em Arquitetura, mas o teatro volta a chamá-lo ingressando no curso profissionalizante Escola de Atores Wolf Maya que concluiu em 2011. Último trabalho em cartaz foi Bicha Oca, com direção de Rodolfo Lima, onde circulou 2 anos por São Paulo, por Natal/RN no Espaço A Bo Ca e 7 cidades do interior pelo Proac Lgbt ao qual foi contemplado. Atualmente faz parte do Grupo Teatral ESSERE, com método de Eric Morris, dirigido por Zeca Souza Campos.

                                                                                  Leia mais...

Informações:

  •   11 97547-6590
  •   Rua Quedas -Vila Isolina Mazzei -São Paulo – SP– 02082030

O que falaram...

Olar pesseguetes, tão boinha? Eu tô também, grazadeuso. Esse final de semana foi cheio de coisa linda como o comeback da Shoosha e suas paquitas drag *fogos de artifício em forma de coração*, leitura colocada em dia – pelo menes definida a ordem dos 700 livros começados e não terminados – e, finalmente tomei vergonha na cara e fui conferir a peça ‘Bicha Oca’, dirigida e estrelada por Rodolfo Lima, que divide a cena com Samy Dias. Aliás bijus, vocês têm ido ao teatro? *olhani por cima das oclitas de correntchinha só ouvindo as desculpas esfarrapadas* Ler matéria completa.

Pessega d´oro

A partir de outubro, dois espaços culturais de São Paulo recebem a nova temporada da peça Bicha Oca, adaptação dos contos homoeróticos do autor pernambucano Marcelino Freire, sob direção de Rodolfo Lima. Indicado para maiores de 18 anos, a peça versa sobre a realidade de Alceu, um homossexual envelhecido que rememora os hábitos do passado, suas histórias amorosas e seus questionamentos, provocando assim, uma reflexão sobre a atualidade e pertinência das questões dos gays. No elenco, Rodolfo Lima e Samy Dias. Na Casa Contemporânea, a peça fica em cartaz entre 2 e 30 de outubro. No Espaço Parlapatões, de 7 de outubro a 11 de novembro. Ler matéria completa.

Gira SP

Indicado para maiores de 18 anos a peça gira em torno da realidade de Alceu, um homossexual envelhecido que rememora os hábitos do passado, suas histórias amorosas e seus questionamentos, provocando assim, uma reflexão sobre a atualidade e pertinência das questões dos gays. Questões essas que abrangem o preconceito e a tolerância, diante de um quadro de hostilização. A peça foi indicada como destaque de 2014 na categoria Teatro na 4°edição do Prêmio PapoMix da Diversidade e premiado com o PROAC LGBT em 2015. Ler matéria completa.

A capa

Contato

Para qualquer informação entre em contato, tire dúvidas ou deixe sua opinião.